Aposte no Mundial-2022

Notícia Patrocinada 15.11.2022 08:31
Por Redação

É um Campeonato do Mundo atípico aquele que se vai disputar no Catar, o primeiro num país do Medio Oriente, entre 20 de novembro e 18 de dezembro. Ao contrário do que é habitual, a competição não vai decorrer no verão, após o término das competições internas de cada país, mas no final do ano e a meio dos vários campeonatos. Com 2,9 milhões de habitantes, o Catar é o país mais pequeno a organizar um Mundial.
 

Presentes na competição estarão 32 seleções divididas em oito grupos de quatro equipas. Passam aos oitavos de final os dois melhores de cada grupo. Oito estádios, o menor número desde o Mundial da Argentina de 1978, foram escolhidos para a competição. O jogo inaugural, Catar-Equador, vai ter lugar o Estádio Al-Bayt. A final no Estádio Nacional Lusail.

A Europa é quem tem o maior contingente, com13 seleções. Num torneio onde a grande ausência é a Itália, Brasil (recordista de presenças, 21, e de títulos, cinco) e França, atual detentora do título, apresentam-se como os grandes favoritos.  Numa segunda linha, Portugal, Alemanha, Argentina, Bélgica, Espanha e Países Baixos são apontados como seleções que podem entrar na luta pelo título mundial.

Das 32 seleções presentes, sete já foram campeões do mundo: Brasil (5), Alemanha (4), França (2), Argentina (2), Uruguai (2), Espanha (1) e Inglaterra. Dos 36 árbitros, três são mulheres. Outra das curiosidades, a bola oficial da competição chama-se Al Rihla (a viagem) e é inspirada na cultura, arquitetura e embarcações do Catar. 

Catar – Equador
 

É o jogo de abertura do Campeonato do Mundo do Catar. Confronto entre o país organizador e o quarto classificado da fase de qualificação sul-americana. O Catar, por ser país organizador, não foi incluído nas eliminatórias regulares para o Mundial. Contudo, a UEFA fez o convite para que o Catar, então como convidado, fizesse parte das rondas de qualificação europeias. Integrou, por isso, o grupo de Portugal embora os resultados obtidos não tenham sido contabilizados em termos pontuais. O Catar, que se estreia num Mundial, tema seu favor a história. Apenas uma vez, no Mundial de 2010 na África do Sul, o país anfitrião não passou a fase de grupos. O melhor resultado em torneios internacionais foi a conquista da Taça das Nações Asiáticas em 2019 ao vencer o Japão na final.
 

Mais experiente nestas andanças está o Equador que vai para a quarta participação no Campeonato do Mundo. Contudo, o melhor que conseguiu nas três participações foi os oitavos de final no Mundial da Alemanha em 2006. Nas outras duas vezes ficou-se sempre pela fase de grupos. Se a experiência nestes torneios faz com que o favoritismo penda para o Equador, a verdade é que o facto do Catar jogar em casa poderá equilibrar o jogo.


https://mpc.nicequest.com/mpc/ConsumerServlet?p=FLUZPT_246696
 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal