Fatih Terim abre o aperitivo para o Golden Foot, onde Messi é o grande candidato

Mónaco 30.09.2022 17:24
Por Pedro Cadima

A distinção do prémio Golden Foot já corre e até à gala de 21 de dezembro em Monte Carlo, serão divulgados alguns dos nomes honrados com galardões de carreira no futebol. Esta secta-feira já foi anunciado que o histórico treinador turco Fatih Terim, altamente titulado no seu país, tendo mesmo levado o Galatasaray a vencer uma Taça das Taças, será um dos nomes que irá desfilar no palco do Grimaldi Forum, sendo reconhecida a sua importância na passagem pelo Calcio ao serviço de Milan e Fiorentina.


Além de quatro figuras contempladas, a cerimónia premiará, sobretudo, um jogador com mais de 28 anos e ainda em atividade, ficando, então, imortalizado por um troféu seletivo e muito distintivo, pelo facto de nunca poder ter vencedor repetido.


Criado em 2003, o Golden Foot começou por premiar Roberto Baggio, tendo nos últimos anos contemplado, por exemplo, Casillas (2017), quando estava ao serviço do FC Porto, ou Cristiano Ronaldo em 2020. Modric antecedeu o craque português ao passo que o egípcio Salah foi o último vencedor, inscrevendo, assim, o nome no passeio marítimo do Principado.


O grande candidato para 2022 é Lionel Messi, que integra a lista de 50 nomeados, onde também estão Giroud, Luis Suárez, Benzema, Bale, De Bruyne, Neymar, Pogba, Sérgio Ramos, Bonucci, Chiellini, Sadio Mané, Marcelo, Müller, Giroud ou Lewandowki, além de guarda-redes como Courtois ou Neuer.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias