Gonçalo Ramos fala da importância de Roger Schmidt e da ambição na Champions

Benfica 27.09.2022 19:38
Por Redação

Gonçalo Ramos, 21 anos, começou a época em grande destaque no Benfica. Aos quatro golos marcados nas pré-eliminatórias da Liga dos Campeões, fez outros tantos no campeonato. Aos 21 anos, o jovem avançado não esconde estar a viver momento especial.

Em entrevista concedida à UEFA, divulgada na íntegra na BPlay, plataforma de conteúdos exclusivos do Benfica, Gonçalo Ramos salientou: «Tento aproveitar ao máximo os treinos, os treinadores também me ajudam, vejo sempre os meus jogos e o que fiz menos bem, tento, de jogo para jogo, ir melhorando o que fiz menos bem, mas sem ignorar o que estou a fazer bem, pois não posso estar a tentar ganhar umas coisas e a perder do outro lado, não faria sentido assim. E aproveito os meus colegas, estamos sempre a ajudar-nos.»

A época começou da melhor forma, com quatro golos nas pré-eliminatórias da Liga dos Campeões. «Tento prepara-me sempre da melhor forma fisicamente, é o primeiro passo para as coisas correrem bem. Dou sempre o máximo no treino e consegui assimilar bem ideias do novo mister. Sabíamos que, em relação às pré-eliminatórias, havia margem mínima e exigência máxima, era o objetivo de todos, jogos muito importantes para o clube, mas também jogos em que a adrenalina estava no nível mais alto, jogos que todos querem jogar, aí nem precisamos de motivações extra, todos ligados ao máximo. Não há nenhum jogador que comece a época bem sem a equipa estar bem e claro que isso ajuda-me. Acabei por marcar e ajudar a equipa, foi muito importante para mim», recordou, não deixando de destacar a importância de Roger Schmidt, treinador que chegou à Luz no defeso.

«Foi muito bom, o sistema é-me favorável, as ideias, o que o mister me pede, favorece o meu jogo. O mister falou comigo para me orientar bem sobre o que queria e o que vê num ponta de lança que jogue num modelo dele. Pelos vistos, as coisas estão a correr bem», disse.

A Gonçalo Ramos foi ainda colocada a questão até onde chega a ambição do clube na Liga dos Campeões. Resposta convicta do jovem avançado: «A nossa ambição é querer ganhar sempre todos os jogos, somos o Benfica, estamos focados em passar fase de grupos e só depois disso olharemos mais para cima, não estamos já a fazer contas, chegar à meia-final ou à final. Se não passarmos a fase de grupos nada disso pode acontecer, portanto estamos primeiramente focados em passar.»

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias