Palmeiras dispensa central envolvido em acidente mortal

Brasil 03.08.2022 15:56
Por Redação

O Palmeiras colocou um ponto final no contrato com Renan. O defesa-central de 20 anos esteve envolvido num acidente de viação, enquanto estava sob o efeito de álcool e não possuía carta, estando acusado da morte de Eliezer Pena, de 38 anos, que seguia numa moto.


Situação que o Palmeiras definiu como inaceitável e como justa causa para a rescisão do contrato. Por seu lado, Renan refuta esta argumentação e promete lutar pelos direitos. O central brasileiro foi libertado da prisão mediante o pagamento de uma fiança de 242 mil reais (cerca de 45 mil euros, que será doado à família da vítima mortal) e está proibido de deixar a região, bem como frequentar bares enquanto decorre o processo.


Produto da formação do Palmeiras, Renan tinha sido cedido ao Bragantino no início deste ano. É, de resto, na cidade de Bragança Paulista onde se dá o acidente, sendo que este emblema já tinha também colocado um ponto final no acordo de empréstimo com o jogador.

Ler Mais
Comentários (3)

Últimas Notícias