Treinadora que socorreu nadadora inconsciente relata momento de pânico  

Natação 23.06.2022 13:07
Por Redação

A rápida intervenção da treinadora Andrea Fuentes, de 39 anos, vencedora de quatro medalhas olímpicas, em 2008 e 2012, foi fulcral para resgatar a nadadora Anita Álvarez, que desmaiou na água durante uma prova nos Mundiais de Natação, em Budapeste, na Hungria.

«Foram dois minutos sem respirar e com as pulsações a 180, cheguei a assustar-me, agora, já rimos juntas. Ela [Anita Álvarez] está bem., tem que descansar», começou por dizer a treinadora, em declarações aos jornalistas.


«Vi que os socorristas não se atiravam para a água, estavam paralisados. Gritei-lhes do outro lado da piscina, mas não se mexeram, acho que não me compreenderam, não falavam inglês, e atirei-me. Fui o mais rápido possível, como se fosse uma final olímpica. Quando a tirei, não respirava e tinha a mandíbula muito contraída, foi ao limite, tive que lhe dar duas bofetadas e um grito para ela respirar», acrescentou.  

A treinadora deixou ainda algumas críticas aos socorristas: «Estudei e sei como reagir numa situação destas, e estava a tentar colocá-la de lado, para que não engolisse água e começasse a respirar e ele [socorrista] queria colocá-la de costas, ainda tivemos uma pequena discussão absurda para ver como a posicionávamos e finalmente conseguimos tirá-la da água.»


No ano passado, na qualificação para as Olimpíadas, em Barcelona, Anita Álvarez também desmaiou na piscina e, após o episódio, a mãe da atleta disse que a filha tinha um histórico de desmaios, mas que nunca tinha acontecido em prova.  



Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias