Colega de Max e Domingos Duarte arrisca 18 meses de prisão por agressões num café

Granada 11.06.2022 09:24
Por Redação

A Procuradoria de Granada pede condenação de Darwin Machís, extremo, a 18 meses de prisão por agressões, em conjunto com outros dois arguidos, a dois trabalhadores de um café. O internacional venezuelano do Granada, segundo a acusação, provocou lesões às vítimas, na localidade de Churriana de la Vega, a 4 de abril de 2021.


O companheiro de equipa do guarda-redes português Luís Maximiano e do central Domingos Duarte, com outras duas pessoas, discutiram com o empregado de mesa e o cozinheiro do estabelecimento comercial depois de o carro em que seguiam ter batido noutra viatura.


A discussão conduziu a uma luta que provocou lesões às vítimas, que estiveram 30 dias a recuperar, 20 dos quais sem trabalhar. Machís também ficou ferido, mas não apresentou queixa.



Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias