Gonçalo Paciência: «Não joguei mas tenho a taça e a medalha»

Liga Europa 18.05.2022 23:59
Por Redação

O português Gonçalo Paciência, suplente não utilizado na final da Liga Europa, ganha pelo Eintracht Frankfurt ao Rangers, estava naturalmente em êxtase.


«Não tenho muitas palavras, é fantástico, é provavelmente o melhor momento da minha carreira até agora. Este clube é um clube diferente, não só pelos adeptos mas também pela mentalidade que se tem dentro do clube, é um clima incrível, a equipa, a cidade, os fãs, é uma simbiose perfeita que há muito não via, é incrível acordar todos os dias de manhã e ir para os treinos com todos estes jogadores, uma diversidade de culturas, França, Portugal, Brasil, Colômbia, este clube tem algo especial e merecia isto. Estes adeptos… é impressionante, agora é para festejar», disse à Sport TV.


Sobre o facto de não ter entrado no jogo decisivo: «Todos tivemos os nossos momentos, não joguei o que gostaria, mas tive momentos importantes, na Liga Europa, no Campeonato, sinto-me importante, sinto-me um deles, durante toda a época foram vários jogadores a marcar, vários a resolver, a jogar bem e a fazer a equipa crescer. Não joguei [a final] mas tenho a taça e a medalha.»


Por fim, uma dedicatória especial: «Dedico inevitavelmente ao meu pai, é o troféu que lhe falta, por tudo o que ele passa comigo e por mim, para ele é bonito, é o troféu que faltava na carreira dele como treinador, jogador, está perfeito lá em casa agora, já temos todos os títulos. Para ele, para a minha família, que sofre por mim todos anos, a minha mãe, os meus irmãos, é fantástico.»


Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias