Já são oito os implicados na morte de Diego Maradona

Argentina 30-11-2021 15:56
Por Redação

O médico Pedro Di Spagna é a oitava pessoa implicada pela justiça argentina na investigação à morte do astro argentino, Diego Armando Maradona, que faleceu aos 60 anos, a 25 de novembro de 2020.

 

O jornal desportivo Olé anunciou, esta terça-feira, que Di Spagna, que tinha sido contratado para prestar auxílio durante o internamento domiciliário de Maradona, estará a ser investigado e deverá ser ouvido no dia 20 de dezembro, indiciado por «homicídio simples, com dolo eventual».

 

Di Spagna junta-se assim à lista que já continha sete pessoas investigadas pela morte do craque. Os outros indiciados são o neurocirurgião Leopoldo Luque, o psiquiatra Agustiba Cosachov, o psicólogo Carlos Díaz, a médica que coordenava os cuidados domiciliários, Nancy Forlini, o responsável de enfermagem, Mariano Perroni, e os enfermeiros Ricardo Omar Almirón e Dahiana Gisela Madrid.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias