Belenenses SAD-Benfica visto lá fora: «Absurdo», «vergonha», «escândalo», «noite triste»

Liga 09:32
Por Redação

A imprensa internacional não foi alheia ao que se passou na noite deste sábado no Estádio Nacional, entre Belenenses SAD e Benfica. O jogo foi dado como terminado pelo árbitro Manuel Mota no início da segunda parte, depois de os azuis, que tinham entrado com nove jogadores de início – dois deles guarda-redes – terem ficado com apenas seis disponíveis.

 

«Farsa», escreve o jornal The Guardian, falando um «início caótico» e numa Liga que «permitiu» que o jogo se realizasse por haver pelo menos sete disponíveis; ainda em Inglaterra, o Daily Mail fala também em farsa, alegando que o Belenenses SAD alinhou temer punições da Liga.

 

Em Espanha, «O jogo que nunca se devia jogar: vergonha mundial em Portugal», diz o jornal Marca, que começa o texto com a indignação de Bernardo Silva - «o que é isto?».

 

«Escândalo na Liga portuguesa», escreve o diário As, que recorre também a «insólito»: «O futebol português deixou uma das imagens mais constrangedoras da época. A equipa local apresentou apenas nove jogadores, sem suplentes e com dois guarda-redes da equipa no relvado (um na sua posição e outro na defesa).»

 

Em França, o jornal L’Équipe fala em «noite triste e incompreensível», não compreendendo como é que o Belenenses SAD foi «constrangido» a jogar, «obrigando o jovem terceiro guarda-redes João Monteiro, de 20 anos a fazer a sua estreia jogando a avançado.

 

Ainda em França, o site RMC Sport fala em «vergonha», «uma história triste do início ao fim».

 

O jornal alemão Bild resume: «escândalo em Portugal com surto de corona, jogo acabou após cenas absurdas.»  

 

A Gazzetta dello Sport, de Itália, aponta um Belenenses SAD «dizimado» que foi «obrigado a entrar em campo com nove. O jogo foi interrompido com 7-0».

Ler Mais
Comentários (182)

Últimas Notícias