«Começar o ciclo para Paris-2024 com ouro é especial»

Judo 27-11-2021 10:41
Por Miguel Candeias

«Estou muito feliz por ter ganho. Sabia que poderia fazer uma boa prova mas, sinceramente, durante o dia nem me senti no meu melhor. No entanto, consegui dar o melhor de mim para vencer. Acho que isso é que foi importante e determinante hoje», declarou Telma Monteiro (-57 kg) a A BOLA, após derrotar na final a francesa Priscilla Gneto (34.ª do ranking) para conquistar o ouro no Grand Slam de Abu Dhabi. Etapa que encerra o Circuito Mundial de 2021 e na qual Catarina Costa (-48 kg) também subiu ao pódio para levar o bronze.

 

Antes de partir para a capital dos Emirados Árabes Unidos, a olímpica do Benfica, a um mês de celebrar o 36.º aniversário, afirmara: «Quero acabar o ano com uma medalha. Tenho essa perspetiva. Sinto-me bem.» Não se enganou. Com este êxito, Telma (9.ª) repetiu o triunfo ali alcançado em 2014, a que há ainda a juntar os terceiros lugares de 2011 e 2013.

 

Leia mais na edição digital ou na edição impressa de A BOLA.

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias