Parlamento Europeu em oposição à SuperLiga

UEFA 24-11-2021 11:03
Por Redação

O Parlamento Europeu emitiu esta terça-feira um comunicado onde assume uma posição crítica e contrária à criação da Super Liga Europeia. Sem nunca fazer referência a esta organização, o comentário surge depois de, na passada quinta-feira, a organização da Super Liga Europeia ter endereçado uma carta ao Parlamento Europeu onde reforça as suas intenções e os objetivos reais propostos por este novo organismo do futebol europeu.

 

No comunicado do Parlamento Europeu é referido que a política desportiva da União Europeia é baseada em princípios de livre concorrência e mérito desportivo, manifestando-se contra todo e qualquer tipo de competições paralelas. O relatório, sem cariz vinculativo ou legislativo, contou com a aprovação de 597 deputados, sendo que 36 se manifestaram contra as ideias do Parlamento Europeu, tendo ainda havido lugar a 55 abstenções.

 

Preocupado com a criação de «competições inovadoras que minam os princípios desportivos da União Europeia e colocam em risco a estabilidade do ecossistema desportivo como um todo», o relatório publicado faz ainda referência à necessidade de assegurar «o equilíbrio entre os interesses comerciais do desporto profissional e as suas funções sociais», o que passa pela «necessidade de regular as atividades dos agentes», bem como garantir maior importância às «recentes reformas no mercado de transferências de futebol».

 

O relatório publicado pelo Parlamento Europeu reforça ainda o apelo às autoridades públicas, às federações desportivas e às organizações nacionais e europeias para que sejam defendidos os direitos humanos e os princípios democráticos em todas as suas ações.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias