Antigo vice-presidente recorda tentativa para contratar Cristiano Ronaldo

Arsenal 09-11-2021 21:03
Por Redação

O episódio remontará a 2003. Cristiano Ronaldo tinha, então 17 anos e estava ainda no Sporting. O jovem foi detetado por um observador ligado ao Arsenal, história agora contada na primeira pessoa pelo então vice-presidente do clube londrino, David Dein.

«Fui com o nosso observador-chefe ver Cristiano Ronaldo jogar pela Seleção portuguesa de sub-19. Ele esteve muito bem e o agente que estava connosco na altura disse 'Bem, acreditem ou não, ele vem ter connosco para jantar, depois'», contou David Dein, citado pela edição online do jornal britânico Evening Standard.

«Jantámos num pequeno restaurante, ele era um tipo muito simpático e até me deu uma camisola. É uma das várias camisolas que tenho expostas em casa. Deu-me a camisola com que tinha jogado. Falámos um pouco de dinheiro e o agente disse 'Bem, deixem-no pensar durante a noite'. Depois, o Cristiano disse ‘Tenho de ir, o meu autocarro vai embora’», prosseguiu, sem se deter:

«No dia seguinte, falei com o agente novamente e, cerca de seis horas depois, o Manchester United ultrapassou-nos. A história do Cristiano Ronaldo foi esta. Penso que fomos usados um pouco como engodo, porque ele iria sempre para o Manchester United.»

Ler Mais
Comentários (5)

Últimas Notícias