A festa da Taça foi do menino Roger

SC Braga 18-10-2021 09:14
Por Bruno Henriques

Nasceu em 2005, tem apenas 15 anos, mas a festa da Taça de Portugal no Estádio Alfredo da Silva foi feita pelo menino Roger. No início da época, já tinha sido aposta no embate da Supertaça, com o Sporting, e aí tornou-se no mais jovem de sempre a jogar aquela competição. Repetiu a proeza na Liga: com 15 anos e 266 dias destronou o leão Dário Essugo como o futebolista mais novo a atuar na prova principal - 7’ frente ao Sporting, na ronda 2.


Ontem à tarde, saltou do banco aos 60’ para escrever mais uma página na história do centenário SC Braga. Quando Vítor Oliveira se antecipou ao guardião adversário, tinha a baliza aberta, mas não foi egoísta, cruzou para a área, onde apareceu Roger a cabecear. Carlos Carvalhal seguiu o lance atento, na linha de fundo, quase já dentro do relvado, e não conteve a alegria quando viu a bola baloiçar nas redes. Quanto ao menino que se havia tornado no marcador mais jovem de sempre com a camisola principal do SC Braga (ultrapassou Pedro Neto, então com 17 anos) também não susteve a emoção.

 

O primeiro instinto foi procurar o treinador, abraçou-se a Carvalhal, que o erguia no ar, enquanto as lágrimas lhe corriam pelo rosto. Um momento para história que ficou ainda mais bonito quando as bancadas do Estádio Alfredo da Silva, repletas de adeptos do Moitense, se levantaram para aplaudir, num belo momento de fair-play.


Veja o vídeo:
 



«Fiquei muito contente pelo miúdo. Está longe de casa, passou por momentos complicados e ver alguém triunfar nestas condições dá-me uma satisfação muito grande. Foi uma alegria genuína», assumiu Carlos Carvalhal no final da partida, deixando um conselho: «Ele sabe o patamar onde está, não se deslumbra e isso é muito importante para o crescimento».

Ler Mais
Comentários (23)

Últimas Notícias