«Na alta competição os detalhes pagam-se caro»

Boavista 17-10-2021 23:32
Por Redação

De semblante carregado após a eliminação da Taça de Portugal, aos pés do Rio Ave, o treinador do Boavista, João Pedro Sousa, lamentou, em conferência de Imprensa, a onda de lesões que assolou o plantel.

 

«É muito redutor dizer que o resultado é pesado. Temos jogado com limitações de alguns jogadores e isso é uma situação que está a magoar-nos, está a deixar-nos em tremendas dificuldades. Não temos outras opções do que meter os jogadores a jogar. Pensava eu que as coisas estavam difíceis, mas agora é que estão. Perdemos o Porozo por oito semanas, perdemos o Reisinho por oito meses, e hoje perdemos mais dois jogadores. Terminámos o jogo com nove jogadores, isto magoa um bocadinho, mas temos de encontrar as soluções para os problemas», realçou.

Instado a justificar a goleada, o treinador foi perentório: «É muito claro. Não podemos perder 4-0 em lado nenhum. Na alta competição, no alto rendimento, os detalhes pagam-se caro. Como vamos justificar isto? Garantir às pessoas que estamos a trabalhar da melhor forma que sabemos e é isso que vamos continuar a fazer. Não me chegam os dedos das mãos para chegar ao balneário e ver os jogadores nas macas. Hoje temos lá mais dois.»

Sobre qual a explicação para tal cenário, João Pedro Sousa fala sobre falta de ritmo e também assume culpas: «Tenho jogadores que chegaram completamente destreinados, jogadores com qualidade que chegam, mas que não conseguem dar resposta. O Marcelo é um excelente jogador, mas estava há quatro meses sem treinar. O Tiago a mesma coisa. Temos vários casos desses. É uma questão complexa, mas não é a única razão. Também tenho responsabilidades.»
 

 

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos