Jorge Simão: «É difícil sofrer um golo a fechar a primeira parte»

Paços de Ferreira 02-10-2021 20:35
Por Redação

O Paços de Ferreira ainda esteve em vantagem no Estádio do Dragão, mas Luis Díaz conseguiu igualar o encontro aos 44 minutos…

 

«É difícil sofrer um golo num momento daqueles, a fechar a primeira parte», lamentou Jorge Simão, à SportTV.

 

«Estávamos preparados para combater a pressão inicial do FC Porto, queríamos ser agressivos. Passámos a barreira psicológica dos 15 minutos, marcámos e, depois, acentuou-se a nossa dificuldade de ter bola. Por isso foi tão difícil a nossa primeira parte: não por demérito nosso, mas porque o adversário foi muito forte nesse momento. Não conseguimos sair nem circular a bola», analisou.

 

A equipa acabou por se libertar, curiosamente, quando os dragões voltaram a encontrar a baliza dos castores.

 

«Após o 2-1, chegámos mais vezes ao último terço. Mandámos uma bola ao poste e ainda tivemos uma situação pelo Marco Baixinho. Independentemente de não levarmos qualquer ponto daqui, deixámos uma boa imagem a partir desse momento. A vitória do FC Porto é justa», concluiu, o treinador pacense.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias

Mundos