«Beneficiar o Benfica? Sou adepto do Sporting desde que nasci»

Rússia 18:36
Por Redação

O antigo árbitro português foi, esta quinta-feira, formalmente apresentado como novo presidente da comissão de arbitragem da Federação de Futebol da Rússia, com contrato para os próximos dois anos.

 

«Trabalhar no futebol russo é um novo desafio para mim e quero agradecer ao presidente da federação por me ter dado esta oportunidade. A arbitragem russa, tanto masculina como feminina, tem um enorme potencial que temos de aproveitar. Espera-nos muito trabalho», augurou Vítor Pereira.

 

Durante a apresentação, questionado por um jornalista russo sobre um alegado escândalo em que esteve envolvido em Portugal para pressionar árbitros para que favorecessem o Benfica, Vítor Pereira foi claro: «Sou adepto do Sporting, o maior inimigo do Benfica, desde que nasci», disse.

 

Vítor Pereira foi árbitro em Portugal durante 23 épocas e integrou os quadros da UEFA durante 11 anos, período em que dirigiu 104 jogos internacionais, 24 da Liga dos Campeões. Participou nos Mundiais de 1998, em França, de 2002, na Coreia do Sul e Japão, e no Europeu de 2000, na Bélgica e Países Baixos. Esteve ainda em três finais de provas continentais (Supertaça, Taça UEFA e Taça Intertoto). Foi membro do Comité de Arbitragem da UEFA e liderou o setor da arbitragem nas federações de Portugal (entre 2011 e 2016), Grécia (entre 2017 e 2020) e Rep. Checa, onde estava desde o final de 2020, ou seja, há menos de um ano, proposto precisamente pela UEFA, tal como acontecera na Grécia. Esteve ainda envolvido num projeto da federação brasileira.

Ler Mais
Comentários (140)

Últimas Notícias