Solução para o meio-campo pode estar na fórmula JM

Seleção 07-09-2021 08:59
Por Nélson Feiteirona, em Baku

Assumindo que é preciso aumentar o equilíbrio defensivo no setor, sem perder a criatividade, dificilmente Fernando Santos irá apostar esta tarde frente ao Azerbaijão num meio-campo tão ofensivo como aquele que entrou de início com a Irlanda, onde estavam, juntos, Bruno Fernandes e Bernardo Silva, este último mais recuado do que o habitual para fazer entrar Rafa mais à frente. Assim, o mais provável é que entre no onze um dos dois JM da Seleção.


A possibilidade mais forte pode mesmo ser João Moutinho, que na reação à perda de bola continua muito competente e é capaz, também, de fazer jogar a equipa no ataque; ele próprio destacando-se pelo remate de meia distância. Jogou os primeiros 60 minutos do duelo particular com o Catar e será, então, a hipótese mais provável para aposta inicial.


De lado, contudo, não pode ser colocado João Mário, que foi determinante na vitória frente à Irlanda, trazendo mais ideias e dinamismo ao ataque português. Não será, porém, tão completo do ponto de vista defensivo como o é João Moutinho.

 

Leia na íntegra na edição impressa ou digital de A BOLA. 

Ler Mais
Comentários (4)

Últimas Notícias

Mundos