Seleção enfrenta greve rumo a Tóquio

Andebol 17-07-2021 13:29
Por Redação

A Seleção Nacional de andebol teve, na manhã deste sábado, o voo rumo a Tóquio, onde vai participar nos Jogos Olímpicos, cancelado, devido a greve da empresa Groundforce, que opera no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

O grupo marcou presença no aeroporto e acabou por encontrar alternativa: viajará às 17 horas, com escala em Paris.

O selecionador Paulo Jorge Pereira, contudo, não escondeu a revolta: «Sempre fui um defensor acérrimo dos direitos humanos, mas hoje dou por mim a pensar até que ponto é que os direitos de uns afetam os direitos de outros. Julgo que as pessoas devem lutar pelos seus direitos sempre, mas o que hoje sinto é que estão a afetar o meu direito. É penoso o que nos está a acontecer pelo voo ter sido cancelado.»

Paulo Jorge Pereira assumiu mesmo que este percalço pode afetar a prestação Jogos. «Estivemos a trabalhar esta semana no sentido de nos adaptarmos ao ‘jet lag’ e agora não sabemos quando vamos chegar. Não há programação que resista, não sei o que fazer. Vamos esperar e em função disso vamos tentar retomar o nosso caminho. Mas assumo que estamos um pouco perdidos», referiu.

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias

Mundos

África

Brasil