Homem que tentou sequestrar avião abatido pelas forças especiais

Bangladesh 24-02-2019 21:28
Por Redação

O homem que tentou, este domingo, sequestrar um avião comercial no Bangladesh, «foi abatido durante uma operação das forças especiais», no aeroporto de Chittagong, onde os pilotos fizeram uma aterragem de emergência, garantiu um porta-voz do Exército do Bangladesh.

 

«O nosso comando pediu-lhe para se render, mas ele recusou, mostrou-se agressivo e acabou por ser atingido», disse o general Motiur Rahman, citado pela AFP.

 

O mesmo porta-voz adiantou que o pirata do ar é do Bangladesh e que tinha com ele uma arma e... «nada mais».

 

Citando o mesmo porta-voz, a agência Efe precisa, por seu lado, que o sequestrador ficou ferido durante o tiroteio, mas que apenas quando puderam chegar perto dele as autoridades verificaram que estava morto.

 

O general Motiur Rahman precisou também que o sequestrador exigiu primeiro «falar com o primeiro-ministro Sheikh Hasina e com a sua mulher».

 

Durante a tentativa de sequestro do avião, o homem terá referido que tinha uma arma e explosivos, porém, no final da operação, as autoridades constataram que estava armado apenas com uma pistola.

 

O avião, com 148 pessoas a bordo (entre passageiros e tripulação), partiu da capital bangladeshiana Daca com destino ao Dubai, Emirados Árabes Unidos, mas foi forçado a aterrar de emergência em Chittagong, cidade litoral no sudeste do país.

 

Forças de elite da polícia, assim como do Exército e da Marinha estabeleceram um cordão em volta do avião depois de este ter aterrado em segurança.

 

Todos os passageiros e tripulação conseguiram sair do aparelho a salvo.

 

Ler Mais

Últimas Notícias