Vieira lembra saída de Jesus para o Sporting e como contratou Rui Vitória: «Ó Rui, lembras-te? É agora»

Benfica 24.09.2022 16:17
Por Redação

O Correio da Manhã divulgou, este sábado, mais um excerto do livro da autoria de Luís Filipe Vieira, antigo presidente dos encarnados. O episódio recordado reporta-se ao verão de 2015, ano em que Jorge Jesus terminava contrato com o Benfica e acabou por surpreender e assinar pelo Sporting. Para o lugar do agora treinador do Fenerbahçe chegou Rui Vitória, então técnico do Vitória de Guimarães.


«Da minha parte não houve nenhuma razão. O Jesus saiu porque quis, ninguém o ia mandar embora. Foi ele e a dar o primeiro passo. Eu perguntei-lhe várias vezes ‘quando é que vamos renovar?’», começou por lembrar Luís Filipe Vieira, adiantando que foi a 29 de maio de 2015, após a conquista da Taça da Liga, que se apercebeu do que se estava a passar.


«O Jesus vira-se para mim e diz ‘foi uma, foram duas, foram três, foram quatro… E eu perguntei-lhe ‘mas o que é que queres dizer com isso? Em vez de estares feliz, estás para aí a apontar-me. Mas sou alguém que está contra ti? Eu quero é que o Benfica ganhe», ao que Jorge Jesus respondeu apenas «depois falamos um dia».


Nessa noite, Luís Filipe Vieira recebeu uma chamada a dar-lhe conta da partida do treinador para Alvalade. «Liguei ao Jesus cinco vezes, nunca atendeu o telefone. Então liguei ao Rui Vitória: ‘Ó Rui, lembras-te quanto te disse que ias para Guimarães e depois para o Benfica? É agora. Por isso, se quiseres, amanhã és treinador do Benfica», pode ler-se no excerto publicado.


Rui Vitória acabaria por ficar no comando técnico das águias durante três anos e meio, sendo substituído por Bruno Lage em janeiro de 2019.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias