Portugueses sugerem melhorias no socorro a paragens respiratórias em campo

FPF 06-10-2021 17:48
Por Redação

Os especialistas portugueses João Mendes e Paulo Beckert, que estão ligados à Federação Portuguesa de Futebol, apresentaram um editorial no British Journal of Sports Medicine, onde defendem melhorias na reanimação cardiorrespiratória em futebolistas vítimas de paragem cardiorrespiratória em campo.

 

Os dois especialistas basearam-se no recente episódio com Christian Eriksen, durante o Campeonato da Europa, o ponto de partida para este artigo, no qual apontam quatro ideias para aumentar as possibilidades de sucesso em situações extremas.

 

João Mendes explica que «a assistência ao internacional dinamarquês durante o Euro-2020, apesar do desfecho positivo, demonstrou que os protocolos de reanimação cardiorrespiratória podem ser otimizados», e resume as propostas do texto agora publicado:

 

«Antes de mais propomos a obrigatoriedade de uma espécie de vídeo-árbitro médico, que possa ter acesso a várias câmaras para perceber o que antecedeu o colapso do jogador; depois aconselhamos a que nos primeiros dois a quatro minutos se proceda a manobras de reanimação cardiorrespiratória apenas com compressões torácicas, ou seja, sem insuflações manuais ou tentativa de via aérea avançada; sugerimos que exista um plano específico de evacuação para um centro especializado em paragem cardiorrespiratória, quer haja recuperação ou não de sinais de circulação, sendo que neste último caso a vítima deve ser transferida  utilizando um dispositivo mecânico de compressão torácica para unidade hospitalar com capacidade de implantação de máquina coração-pulmão (ECMO) em tempo útil.»

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias