Acrópole de regresso ao Mundial de Ralis

WRC 09-09-2021 13:23
Por José Caetano

O Mundial de Ralis, pela primeira vez desde 2013, já acelera na Grécia, na edição 65 do Acrópole, prova cancelada em 2019 e 2020, devido à pandemia da Covid-19, e ganha pelo português Bruno Magalhães em 2018, num Skoda Fabia R5, quando pontuava apenas para o Europeu (ERC). Sébastien Ogier (Toyota Yaris) é o favorito à vitória, quer por liderar a classificação do WRC-2021, quer pelo conhecimento do terreno – entre os pilotos em ação, apenas o francês ganhou esta prova (conseguiu-o em 2011, num Citroën DS3).

 

Esta manhã, no «shakedown» com 4,32 km em Divri, registo mais rápido para o finlandês Kalle Rovanpera, parceiro de Ogier na Toyota, equipa liderada por Jari-Matti Latvala, curiosamente o vencedor da última edição do Acrópole pontuável para o Mundial, em 2013, ao volante de um VW Polo R WRC! O prodígio de 20 anos, o piloto mais jovem a ganhar etapa do WRC com o triunfo na Estónia, na ronda 7 da temporada, percorreu aquele percurso em 3.14,3 m, superiorizando-se ao segundo classificado, Thierry Neuville, em Hyundai i20 Coupé, por 2,7 s. Sébastien conseguiu apenas o 6.º tempo, com 3.20,7 m.

 

Historicamente, o Acrópole, evento em terra, caracteriza-se pela dureza das especiais gregas, mas antecipa-se um «Rali dos Deuses» mais tranquilo este ano, por decorrer em setembro e não em junho, como é tradicional, o que pode significar pisos mais suaves e, sobretudo, temperaturas menos escaldantes. Ainda assim, anunciam-se dificuldades para os 55 inscritos na edição-2021 de um rali que integrou o mapa do primeiro Mundial, em 1973.

 

O Rali da Acrópole com início marcado para esta tarde, em Atenas (hoje, há apenas 0,98 km para percorrer), tem 1253,15 km de extensão, mas só 292,19 km ao cronómetro arrumados em 15 especiais. A prova termina no domingo, numa Power Stage (12,68 km) que vale pontos de bónus aos cinco primeiros classificados.

 

No Mundial, Ogier primeiro, com 162 pontos, mais 38 do que os segundos classificados (Elfyn Evans e Thierry Neuville). O piloto do Toyota Yaris WRC persegue a 2.ª vitória na Grécia, 5.ª em 2021 e 54.ª no Mundial, resultado importante para consolidar a vantagem na corrida a título que ambiciona ganhar pela 8.ª vez! Colin McRae detém o recorde de vitórias no Acrópole (5).

 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Mundos