Quinze clubes espanhóis receberam 350 milhões em financiamento público

Desporto 24-05-2021 11:42

No total, doze clubes da primeira divisão (La Liga) e três clubes da segunda divisão (La Liga Santander) obtiveram uma garantia de 357,7 milhões, segundo dados do ministério das Finanças espanhol. Os empréstimos serviriam para fazer face à ausência de venda de bilhetes e ao adiamento da competição.

João Tereso Casimiro

Pelo menos quinze clubes de futebol espanhóis obtiveram o aval do governo para empréstimos no valor de cerca de 350 milhões de euros, de acordo com “Eldiario.es”. Os clubes em questão têm aproveitado a linha extraordinária de empréstimos garantida pelo Official Credit Institute (ICO) que o governo espanhol aprovou durante o primeiro estado de emergência decretado no ano passado.

No total, doze clubes da primeira divisão (La Liga) e três clubes da segunda divisão (La Liga Santander) obtiveram uma garantia de 357,7 milhões, segundo dados do ministério das Finanças espanhol. Os empréstimos serviram para fazer face à ausência de venda de bilhetes e ao adiamento da competição.

Deste montante, 78% correspondem à dívida do Real Madrid, FC Barcelona e Atlético de Madrid e dois terços desta correspondem ao conjunto ‘merengue’ e ao clube catalão. O Real Madrid tem créditos do ICO avaliados em 142,5 milhões de euros.

O valor corresponde a 70% do novo financiamento de 205 milhões que o clube solicitou em abril e maio de 2020 às cinco entidades nacionais com as quais trabalha (CaixaBank, Bankia, BBVA, Santander e Sabadell). Por sua vez, o ‘Barça’ alcançou 92 milhões de euros em oito operações apoiadas pelo ICO, enquanto o Atlético de Madrid, 36,4 milhões de euros.

Por outro lado, o ICO aprovou ao Sevilla FC 25,8 milhões, enquanto com o Real Sociedad foram aprovados 10,4 milhões de euros. Depois da Real Sociedad, com 5,2 milhões de garantias públicas recebidas em novembro e dezembro de 2020, está o Club Atlético Osasuna. Além disso, com 3,5 milhões garantidos pelo governo espanhol está o Celta de Vigo.

Já o Granada CF e o Real Betis têm 2,8 milhões garantidos, respetivamente, enquanto o UD Las Palmas, 2,64 milhões. Alavés tem 2,1 milhões de euros. Por sua vez, SD Huesca obteve 1,2 milhões de euros, o mesmo que o CD Lugo. Finalmente, o CD Tenerife obteve 800 mil euros.

Ler Mais