Luís Castro destaca jogo «perfeito» e mentalidade diferente no Botafogo

Botafogo 11.11.2022 08:06
Por Redação

O Botafogo, de Luís Castro, recebeu e venceu o Santos por 3-0, em jogo da 37.ª jornada, e subiu ao 8.º lugar da classificação, primeiro de acesso às pré-eliminatórias de qualificação para a Taça Libertadores.


O treinador português estava muito satisfeito no final da partida. «A equipa foi montada para atacar a baliza do adversário com as devidas cautelas defensivas. Não podíamos ter todos os jogadores a atacar. Teríamos de estar focados no equilíbrio da equipa para ter tranquilidade para atacar. E a equipa cumpriu isso na perfeição», começou por avaliar.


 A uma jornada do fim, o Botafogo tem uma vaga na Libertadores em jogo, e vai a Curitiba na última rodada enfrentar o Athletico Paranaense. Em caso de vitória a equipa garante uma vaga na pré-Libertadores; já se o Atlético Mineiro não vencer o Corinthians, vão direto à fase de grupos.


Ainda com muito por que jogar na última jornada, Luís Castro saudou a equipa e os adeptos neste último jogo em casa, que teve 30 mil espectadores: «Para mim é um orgulho enorme, um prazer enorme treinar estes jogadores. Disse que, independentemente do que acontecesse, estaria orgulhoso deles. Porque nunca deixaram trabalhar. A fama vai, o prestígio fica. Parabéns a toda a família do Botafogo por chegar tão junta ao final da temporada, aconteça o que acontecer no domingo.»


Luís Castro fez também um balanço da época: «[Houve momentos em que] senti que as coisas estavam más à nossa volta e senti-me responsável por isso. A minha consciência estava em paz, mas eu não, porque não conseguia corresponder à toda expectativa criada. Agora fiquei muito feliz por ouvir o meu nome ser gritado, porque sempre lutei muito para sair daqui com o trabalho bem feito. Quando vejo um colega ser demitido depois de ter sido escolhido por ter determinado perfil, é sempre um momento mau para o futebol. Eu estar no cargo depois de vários momentos difíceis, como quatro derrotas seguidas, é um exemplo que o Botafogo deu a todo o futebol brasileiro. Parabéns à administração e ao John Textor por apoiar durante toda temporada quem eles escolheram para ser treinador.»

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias

Serviço de apoio ao cliente
Dias úteis das 9.30h às 13h e 14.30h às 18h
E-mail: clientes@abola.pt
Telefone: 213232133 (Chamada para a rede fixa nacional)
Morada: Tv. da Queimada, 23 1249-113, Lisboa Portugal