Justiça italiana pede extradição de Robinho para cumprimento de pena de prisão por violação

Brasil 04.10.2022 17:13
Por Redação

A Justiça italiana pediu, esta terça-feira, a extradição do antigo internacional brasileiro Robinho para que este cumpra a pena de nove anos de prisão efetiva a que foi condenado em janeiro último por violação de uma jovem albanesa, de 22 anos, em 2014, altura em que Robinho jogava no Milan.


Tudo aconteceu numa discoteca da cidade italiana e, para além de Robinho, também Ricardo Falco, amigo do ex-jogador, foi condenado aos mesmos nove anos de prisão. Outros quatro envolvidos no crime estão em local incerto no Brasil e, para já, ainda não viram o pedido de extradição ser protocolado pela Justiça italiana.


Nesta altura, Robinho vive na zona de Santos e o Brasil não tem acordo de extradição com Itália, embora os dois países possam chegar a um acordo para que o antigo futebolista, que atuou em clubes como Real Madrid e Man. City, para além do Milan, cumpra a pena, mais reduzida, numa prisão brasileira.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias