Adjunto português de Chiquinho Conde na seleção ficou retido no aeroporto de Maputo 

Moçambique 19-05-2022 13:04
Por Redação

O jovem treinador português Tiago Matos, adjunto de Chiquinho Conde na seleção de Moçambique, está desde a última madrugada retido no aeroporto de Maputo devido a problemas com o visto, apurou A BOLA. 

 

Tiago Matos estava a mudar-se para Maputo para iniciar a preparação da qualificação para o CAN-2023, mas nem a Federação de Moçambique conseguiu resolver a situação e o treinador teve de passar a noite no aeroporto, sem quaisquer condições. 

 

Apesar de não ter sido imediatamente deportado, deve mesmo ter de iniciar o regresso a Portugal durante o dia de hoje.

Ler Mais
Comentários (3)

Últimas Notícias

Mundos