«Estou livre para analisar qualquer proposta», diz Luís Gonçalves 

Moçambique 05-04-2021 15:29
Por Álvaro da Costa, Maputo

Luís Gonçalves é, neste momento, um treinador livre após a Federação Moçambicana de Futebol (FMF) ter rescindido, a 31 de Março, o contrato que o ligava à seleção. Como tal, o técnico português mostra abertura para rumar à um novo clube ou mesmo seleção. 

 

«Neste momento não tenho trabalho e estou disponível para analisar propostas de qualquer parte do mundo. Um treinador de futebol tem que estar preparado para permanecer 10 dias, 10 meses ou 10 anos num clube ou numa selecção», referiu em declarações ao jornal O País.

 

Apesar de neste momento ser muito pouco provável que o seu futuro passe pelo futebol moçambicano, Luís Gonçalves assegura que estará sempre pronto para ajudar no desenvolvimento do futebol moçambicano. «Estarei sempre disponível para Moçambique porque sou profissional de futebol», anotou.

 

Falando ainda à mesma fonte sobre os próximos compromissos dos Mambas, que passam pelas eliminatórias para o Mundial-2022, o técnico antevê grandes dificuldades, até porque só há cinco vagas para as seleções africanas e concorrência é bem maior quando comparado com a qualificação para o CAN.

 

«Em relação ao Mundial, honestamente, talvez seja mais realista para dizer: vamos participar nesta qualificação, vamos fazer o melhor possível jogo a jogo e tentar pontuar, até pode acontecer no fim das contas, estarem a disputar essa possível qualificação, mas ao longo desse tempo tem que se continuar a fazer a renovação da selecção», admite.

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias