Bárbara Timo e João Crisóstomo mudam de categoria

JUDO 25-09-21 11:1
Por Miguel Candeias

Após a notícia de que a multicampeã Telma Monteiro (Benfica), de 35 anos, vai prolongar a carreira até aos Jogos de Paris2024, em caso de qualificação serão os seus sextos, há outras duas grandes novidades na Seleção: a olímpica Bárbara Timo (Benfica) e João Crisóstomo (U. Lusófona) mudam de categoria neste ciclo olímpico.E começam já este sábado, na 25.ª Taça Internacional Kiyoshi Kobayashi, a realizar no Pavilhão do Colégio da Imaculada Conceição, em Coimbra, num total de 116 participantes, recorde da prova. Evento que marca o regresso das competições após o verão e conta com outros quatro - Rodrigo Lopes (-60 kg), João Fernando (-73 kg), Joana Diogo (-52 kg), Wilsa Gomes (-57 kg) - dos 13 judocas que estiveram no Mundial de Budapeste.

Vice-campeã Mundial em Tóquio2019 e bronze no Europeu de Lisboa2021, Bárbara, de 30 anos, deixa os -70 kg em que sempre atuou e onde contabiliza oito pódios em grand slam e grand prix, para apostar nos -63 kg. Categoria onde há muitas épocas - desde o retirar de Ana Cachola - Portugal não apresenta ninguém nas principais competições.A confirmar a adaptação de Bárbara à categoria, tal deverá deixar Joana Crisóstomo (U. Lusófona), que em janeiro passa a sénior, como a principal figura nos -70 kg. Ela que ainda este mês foi bronze no Euro júnior após, em 2020, ter sido prata.Quanto a João, de 27 anos, deixa os -66 kg, peso em que foi 3.º classificado no Campeonato da Europa Lisboa2021, em abril, passando a competir nos -73 kg. Categoria na qual, após as desistências de Nuno Saraiva e Jorge Fernandes, João Fernando (Sporting) tem sido a principal aposta na Seleção. Com a mudança de Crisóstomo, irmão de Joana, passa a existir um vazio nos -66 kg. Será interessante ver se algum judoca preenche a vaga para andar no Circuito Mundial e entrar na corrida a Paris2024