Estoril conquista Taça Revelação e faz a dobradinha

TAÇA REVELAÇÃO 11-05-21 4:59
Por Eduardo Pedrosa Marques

O Estoril venceu o SC Braga, por 2-1, e conquistou a Taça Revelação. O primeiro golo da partida apareceu aos 39 minutos, de penálti, por intermédio de Afonso Valente. Depois de uma falta de Eduardo Ribeiro sobre Gilson Benchimol, dentro da área, o capitão dos canarinhos não vacilou e abriu o ativo.

Na etapa complementar, os comandados de Vasco Costa tentaram ampliar a vantagem, mas Elias Achouri, por duas vezes, não conseguiu desfeitear Lukas Hornicek.

O SC Braga tentou reagir e chegar à igualdade, e aos 71 minutos ficou a pedir penálti: cruzamento de Leonardo Buta da esquerda e Lucas Silva, na área, parece ter desviado a bola com o braço. José Bessa, árbitro da partida, mandou seguir.

Ato contínuo, e no minuto seguinte, Guilherme Soares, de cabeça, atirou ao poste na sequência de um pontapé de canto de Hernâni Infande.

O Estoril acabaria mesmo por aumentar a vantagem, aos 74 minutos, quando Lucho Vega, de cabeça, deu o melhor seguimento a um cruzamento da direita de Chiquinho.

O melhor que os arsenalistas conseguiram foi reduzir o score: aos 90+4 minutos, Hernâni Infande, de penálti, selou o 2-1 final.

Com esta conquista, e já depois de ter vencido também a Liga Revelação, o Estoril celebra a famosa dobradinha.