«Superliga? Um grupo de clubes quer ficar com tudo»

SPORTING 20-04-21 7:14
Por Redação

Rúben Amorim assumiu que não concorda com a Superliga Europeia e que espera que não seja criada.

«O Sporting já respondeu. Toda a gente no mundo de futebol já disse que pensa e não faz muito sentido. Também é o caminho que a nossa sociedade e o mundo está levar. Um grupo restrito de clubes quer crescer mais do que os outros e ficar com tudo para eles. É um reflexo da sociedade. Espero que não vá para frente e todas as pessoas no mundo do futebol tiveram a mesma opinião. A Superliga não é um dado adquirido. Foi apresentada, mas penso que as pessoas vão ter o bom senso de voltar a atrás», defendeu o técnico do emblema de Alvalade, em conferência de imprensa.