Requalificação de campo número 2 «dá futuro» ao Atlético

ATLÉTICO 26-11-18 6:8
Por Ana Soares

O campo número 2 da Tapadinha ganhou vida esta manhã quando centenas de crianças das escolas de Alcântara inauguraram o novo relvado sintético do complexo, uma requalificação que o clube esperava há 15 anos.

Nessa altura a bancada do campo secundário foi destruída para construir a piscina e os seus acessos, e não voltou a haver local para sentar. Ficou estabelecido com a câmara a construção de uma nova zona sentada a toda a largura do campo mas com a mesma verba decidiu-se fazer uma bancada mais pequena, de tamanho aceitável, e renovar balneários e relvado.

Davide Amado, presidente da junta alcantarense, apresentou o projeto: «É um protocolo de câmara e a junta, algo que este espaço precisava há 15 anos. Conseguimos renovar os balneários, construir uma bancada e colocar relvado sintético novo. Todas as escolas da freguesia poderão agora usar este espaço. É para uso de todos», frisou.

Fernando Medina, presidente da Câmara, ficou satisfeito com a resolução de «questões antigas» que permitiu avançar com a modernização do espaço e vê com bons olhos a criação de uma Academia do Atlético: «Esta é uma pequena obra para transformar o espaço para ter condições de utilização para escolas, crianças, que podem usar o espaço e permitir ao Atlético ter aqui escolas com melhores condições. Servirá o clube e a cidade, que tem uma carência destes espaços. É bom que haja vontade [de criar uma Academia], vários clubes na cidade estão a desenvolver os seus espaços, temos apoiado e é bom ver que o Atlético faz disso uma prioridade. Eles resolvendo as suas questões financeiras e nós apoiando em obras como esta. Dá resposta às necessidades de formação dos clubes e instalações para apoiar a comunidade escolar.»

Ricardo Delgado, presidente do Atlético, referiu que este novo campo renova a vida do clube: «Isto é o futuro. Aqui jogam as equipas de formação do Atlético e isto vai ser o nosso futuro. Estamos numa fase de renascimento, de reativação do clube e isto vai ser o futuro para não se cometer os mesmos erros do passado. Queremos puxar novamente para aqui miúdos que possam vir a ser o futuro do Atlético e do futebol nacional.»

Na mesma ocasião foi ainda homenageada a jovem Marta Costa, guarda-redes da seleção de futsal que foi campeã olímpica nos Jogos da Juventude em Buenos Aires.